sábado, 24 de janeiro de 2009

Michael Bublé e Laura Pausini - You'll Never Found Another Love like Me

Nossa, hoje essa música ocupou um grande espaço no meu dia, nos meus pensamentos, me fez leve e mais apaixonada... Quantas estórias de amor são embaladas por canções, a minha estória tem muitas... Desejo compartilhar com vocês...

Ele que esteve no Brasil em novembro para três shows em São Paulo, com ingressos a preços "simbólicos" de R$300,00 a R$1000,00, Michael Bublé é um sucesso, não só por suas regravações como por suas composições próprias que da mesma maneira fazem grande sucesso. Com seu jazz pop e sua voz encantadora ele conquista mais e mais fãs, como eu, clarooo!!! Ainda mais com o auxílio do marketing de ter feito parte de várias trilhas sonoras de novelas da globo. Esse dueto com Laura Pausini, versão da música de Low Rawls, está simplesmente fabuloso!!! Magnific!!!

Se quiserem conferir alguns álbuns desse artista com essa voz forte, sexy, envolvente e esse rostinho lindo de menino... Uiiiiiii!!! Estão listados abaixo o nome de alguns álbuns.

Call Me Irresponsible (2007)
Caught in the Act (2005)
It's Time (2005)
Let it Snow (2004)
Come Fly with Me (2004)
Michael Bublé (2003)

Apaixonem-se!!!


3 comentários:

Wanderson Farias disse...

tem certeza que o valor dos ingressos foi isso tudo??? cruz credo...
o da madonna era de R$160 até R$600... e madonna é uma lenda vida da música mundial, deveria ser mais caro que o show desse homem q ngm sabe qm é.. kkkkkkkkkkkk.. to brincando.. se bem q o show da madonna foi em estádio né.. obrigação ser mais barato... detalhe q eu fiquei sabendo qm é esse homem semana passada qdo o edmar veio pedir pra eu copiar o dvd dele.. haushuashas.. aff. ;) ahhh.. deu pra perceber q tua paixão por aquela cantora de jazz é bem maior q por esse homem, pq o post dela ficou bem maior, mais bem escrito, com mais informações, e passou uma paixão nas palavras.. euheuhue.. nesse tu frescurou demais... bjooooos!!

Luds disse...

Meu deus (com minúscula mesmo), se eu fosse o "Ed" iria ficar com ciúmes. uahauhauhauhah....

HelderMB disse...

A maioria das pessoas prefere o "novo", o "novo" faz a moda, a moda sempre muda e o mundo revive, em outras roupagens, o velho.
Não descarto a importância de todas as bandas e cantores que surgem no agora, como Michael Bublé. Não desmereço nenhum deles, por que trazem visões de evolução, moldam as próximas gerações. Mas prefiro o "velho", que ainda me parece novo depois de tantas décadas, como "aquela cantora de jazz" Billie Holiday.
Gostei muito da temática do teu blog. Continue, mostre suas preferência para a maioria, para as pessoas da sua idade. Quem sabe isso vire moda...
Um beijão!